RENAULT 5

CARACTERÍSTICAS DE SEGURANÇA

(Clique nas imagens para ampliar)

A preocupação da Renault com a segurança dos seus automóveis remonta há mais de 60 anos.

Em 1969, no âmbito do Comitê de Construtores Francesas de Automóveis (CCFA) e numa parceria entre o Grupo Renault e a PSA Peugeot Citroën é criado o "Laboratório de Acidentologia, de Biomecânica e de estudos do comportamento humano (LAB)" com a missão de fazer progredir a segurança no trânsito baseando os seus esforços em três pilares: proteção dos ocupantes do automóvel, conhecer a “genética” dos acidentes para evitá-los e compreender o comportamento do motorista.

Todo este esforço e investimento permitiram que a Renault se afirmasse como uma referência no tocante à segurança automóvel tornando-a no primeiro fabricante a granjear 5 estrelas nos exigentes testes de segurança promovidos pelo Euro NCAP, em 2001, com o modelo Laguna.

 
 

O Renault 5, cujo projecto se iniciou em 1967, beneficiou naturalmente dos resultados dos testes já efectuados nestes laboratórios e dos conhecimentos até então acumulados, permitindo que este já estivesse dotado de alguns elementos de segurança passiva relativamente eficazes.
A sua estrutura monobloco já contemplava um habitáculo constituído por uma zona rígida e estruturas de deformação progressiva na frente e na traseira.
Estava também equipado com cintos de segurança, um quadro de bordo deformável e uma coluna de direcção articulada. Os seus bancos anteriores podiam ainda ser dotados de encostos de cabeça (de série nalguns modelos e em opção noutros).